quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Exercícios de preparação para o teste.




Os esquimós permitem que as pessoas idosas e incapacitadas morram de fome, ao passo que nós acreditamos que isso é errado. Os antigos habitantes de Esparta acreditavam e os Dobu da Nova Guiné acreditam que roubar é moralmente correto enquanto nós acreditamos que é moralmente errado na maioria dos casos. Muitas culturas praticaram e ainda praticam o infanticídio, algo que nos repugna. Uma tribo da África oriental costumava atirar os recém-nascidos com deficiências graves aos hipopótamos. As práticas sexuais variam com o tempo e o lugar. Algumas culturas permitem atos homossexuais enquanto outras os condenam. Algumas culturas permitem a poligamia, caso de alguns países islâmicos, ao passo que as culturas de raiz cristã a consideram imoral. Uma tribo da Melanésia entende que a cooperação e a gentileza são vícios. Outra tribo no Uganda desvaloriza os laços familiares não tendo os pais qualquer dever de cuidar dos filhos ou dos parentes próximos. Há sociedades nas quais é dever dos filhos matarem os pais estrangulando-os quando estes já não conseguem ter uma vida digna por causa do envelhecimento e das doenças.”

1.       Que pretende demonstrar este texto?

2.       Quais os argumentos a favor e contra o relativismo cultural?

3.       Quais as respostas possíveis acerca da objetividade dos nossos juízos de valor?





Leia os fragmentos abaixo e assinale as alternativas corretas e incorretas. Explique.

“Os homens não são maus, mas submissos aos seus interesses... Portanto, não é da maldade dos homens que é preciso se queixar, mas da ignorância dos legisladores que sempre colocam o interesse particular em oposição ao geral. […] Até hoje, as mais belas máximas morais não conseguem traduzir nenhuma mudança nos costumes das nações. Qual é a causa? É que os vícios de um povo estão, se ouso falar, escondidos no fundo de sua legislação.” Helvetius

Quais são as ideias principais contidas no fragmento acima?

a) Não há nenhuma relação entre as leis e os costumes, pois sãos os homens que fazem as leis que os beneficiam.

b) Para limitar os interesses humanos particulares, é preciso haver leis que prefiram os interesses gerais.

c) Os homens buscam seus interesses e isso não significa que eles sejam maus;

d) Há uma relação entre as leis e os costumes, pois as leis permitem ou impedem que os homens cometam erros.



Leia os dois fragmentos abaixo:

“... Por outras palavras, não há determinismo, o homem é livre, o homem é liberdade. […] Não encontramos diante de nós valores ou imposições que nos legitimem o comportamento. Assim, não temos nem atrás de nós nem diante de nós, no domínio luminoso dos valores, justificações ou desculpas. Estamos sós e sem desculpas. É o que traduzirei dizendo que o homem está condenado a ser livre. Condenado porque não criou a si próprio; e, no entanto, livre porque, uma vez lançado ao mundo, é responsável por tudo o que fizer.” Jean-Paul Sartre

“Os homens fazem a sua própria história, mas não a fazem como querem; não fazem as circunstâncias das suas escolhas  mas sim sob aquelas com que se defrontam diretamente, legadas e transmitidas pelo passado”. Karl Marx

a) Enquanto Sartre defende que há determinismo, Marx defende que o homem é livre independente das circunstâncias.

b) Sartre defende que não há determinismo e Marx estabelece um meio termo entre o determinismo e a total liberdade do homem;

c) Quando Sartre afirma “o homem está condenado a ser livre”, diz o mesmo que Marx quando defende que “os homens fazem sua própria história, mas não a fazem como querem”.

d) Sartre diz que o homem está limitado pela sua própria existência, enquanto Marx afirma que o homem está limitado pelas condições históricas.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

La Ética en Kant

Matriz da prova de avaliação - Fevereiro 2016

Competências:
1. Interpretar um texto filosófico.
2. Dominar e compreender os conhecimentos exigidos.
3. Relacionar teorias e ideias.
4. Saber organizar um texto argumentativo.
5. Saber pensar.
6. Aplicar conceitos e teorias a situações concretas.

Conteúdos:
1. A rede conceptual da acção.
a. acontecimento e acção.
b. Agente, intenção, motivo, decisão deliberação.
c. Voluntário, involuntário, não voluntário
2. Determinismo e liberdade na acção humana
a. As condicionantes da acção humana
b. Teorias sobre o livre-arbítrio: Determinismo radical, determinismo moderado ou compatibilismo,  e libertismo.
d. Argumentos e objecções.
3 - Os valores:

a. Determinar as características gerais dos valores.
b. Saber em que consiste a questão dos critérios valorativos.
c. Saber quais os tipos de valor que usamos.
d. Distinguir entre valor extrínseco e intrínseco.
e. Distinguir juízos de facto e juízos de valor.
f .Caracterizar as teorias objectivista e subjectivista e relativista moral.
g. Relacionar valores e cultura - o relativismo cultural e o relativismo moral
4 - A dimensão ético política
a. Intenção ética e norma moral
b. "Ética para um jovem"
c. Expôr as ideias, problemas e conceitos de um dos capítulos desta obra.
d. Esclarecer o significado e a utilidade da ÉTICA.
e. Distinguir as várias dimensões Ética.
f. Caracterizar as várias áreas da Ética: METAÉTICA, ÉTICA NORMATIVA E ÉTICA PRÁTICA.


ESTRUTURA e AVALIAÇÃO
Grupo I - 3 Questões. Resposta estruturada e desenvolvimento do conteúdo. Exige conhecimento do tema - Interpretação de texto -30 Pontos cada.
Grupo II - 10 questões de V e falso ou escolha múltipla - 40 Pontos
Grupo III - 2 Questões para analisar uma situação e justificar as soluções possíveis. Raciocínio, capacidade de argumentação, correcção escrita. (2 x15)
Grupo IV - Dissertação/Desenvolvimento/ Ensaio sobre um tema. Exige conhecimento e organização de ideias. 40 Pontos

BOA SORTE E BOM ESTUDO!!

domingo, 15 de janeiro de 2017

Objective versus Subjective Claims Video

Objective vs Subjective (Philosophical Distinction)

30 Artigos da Declaração Universal dos Direitos Humanos

Serão os juízos morais relativos às culturas? Não haverá um modo de encontrar princípios morais comuns a todas as culturas e juízos morais verdadeiros para todas as culturas?
A Declaração Universal dos Direitos Humanos é aceite por todas as culturas como contendo os princípios fundamentais que devem guiar as relações com os outros, indivíduos ou povos. Será um argumento a favor de princípios morais universais.


terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Fernando Savater: "Ética para um jovem"


Trabalhos de grupo sobre a obra de Fernando Savater "Ética para um jovem"

Capítulo 1. De que trata a ética

Capítulo 2. Ordens, costumes e caprichos

Capítulo 3. Faz o que quiseres

Capítulo 4. Tem uma vida boa

Capítulo 5. Acorda, Baby!

Capítulo 6. O grilo de Pinóquio entra em cena

Capítulo 7. Põe-te no seu lugar

Capítulo 8. Gostar e Gostar

Capítulo 9. Eleições gerais

DATA DE ENTREGA DO TRABALHO NO DIAPOSITIVO : 23 ou 24 de Janeiro
endereço: logosferas@gmail.com 

Objectivos:

1. Analisar e resumir o texto nas suas linhas fundamentais.

2. Fazer o levantamento dos problemas colocados e tentar dar-lhes uma resposta.

3. Elaborar uma pequena apresentação de todos os filósofos/nomes referidos. (biografia sumária, ideias principais.)

4. Comentar as citações do final.


Grupos de 4 alunos . Cada grupo fará a leitura e apresentação dos seguintes capítulos: 
Textos na Reprografia para fotocopiar.


Calendário das Apresentações orais: 

Grupo 1 - Prólogo e capítulos 1 – 23 ou 24 de Janeiro
Grupo 2 - Capítulos 2, 3 – 23 ou 24 de Janeiro
Grupo 3 - Capítulos 4 e 5 – 23 ou 24 de Janeiro

Grupo 4 - Capítulo 6, 7 – 25 ou 26 de Janeiro
Grupo 5 - Capítulo 8 e páginas 105 à 107 do manual adotado - 25 ou 26 de Janeiro
Grupo 6 - Capítulo 9 e Epílogo – 1 ou 2 de Fevereiro
Grupo 7 - Páginas 110 à 125 do Manual adotado - 1 ou 2 de Fevereiro

AVALIAÇÂO:
DIAPOSITIVO - 30%
1. Original e criativo
2. Informação interessante e com problematização.
3. Informação correcta e sem erros.
4. Todos os objectivos são tratados.

Oral: 70%
Segurança e fluência do discurso (sem leitura) 30
Dinâmica de grupo 10
Domínio dos conteúdos 40
Originalidade da apresentação 20